Arquivo

11 junho, 2011

CQC - Pela audiência, Custe o Que Custar!

MachismoPreconceito contra mulheres, Homofobia, Misoginia, Sexismo.
Tudo isso você confere semanalmente no programa CQC da rede Bandeirantes de Televisão.
É realmente Lamentável as "piadas " ou "comentários" realizados do programa, a situação é ainda mais estúpida quando alguns dos integrantes,como o chamado "Rafinha Bastos" e seu colega Danilo Gentile utilizam suas carreiras paralelas ao programa ou suas redes sociais para fazerem humor ou emitir suas opiniões.
Como foi o caso da declaração no Twitter em que Danilo Gentile diz:"que entende porque os judeus de Higienópolis são contra a construção do metrô — porque, da última vez que entraram num vagão, foram parar em Auschwitz.
Ou quando o então rapaz do momento o personagem "Rafinha Bastos" diz: "Toda mulher que eu vejo na rua reclamando que foi estuprada é feia pra c." e "Homem que fez isso não merece cadeia, merece um abraço". Rafinha Bastos, afirma que " povo de Rondônia é feio, tem a cara estranha e que o diabo é rondoniense e teria deixado muitos filhos aqui".Talvez o pior é que esses caras estão sendo regidos pela batuta de Marcelo Tas, que em seu programa que foi ao ar no dia 16/05 "disse que teriam faltado prostitutas em Brasília, durante a marcha de prefeitos, o que obrigou os empresários do ramo a importar algumas senhoras da cidade de Goiânia". (Saudades do verdadeiro Tas), um cara com uma bagagem acadêmica e intelectual que não precisava se cuvar a esse nível para obter audiência.



Vale ressaltar que o programa leva o patrocínio da cerveja Skol da Ambev, a Pepsi, Trident, Sky, Unilever, Dafra, Nestlé, Santander, Gilette e General Motors.
Vale a reflexão: - Patrocinadores do programa, apoiadores das ideias?

Por isso, utileze seu poder de consumidor e envie seu email para as empresas patrocinadoras dizendo que não concorda com a disseminação do preconceito nesse país.



Por: Ana Carolina Cavalcante.

5 comentários

Dimitrius Chaves

Eu odeio CQC não é atoa...são rídiculos, piadas sem graça, acha que o congresso só tem bandido..... agora vem esse idiota do tal de rafinha...

Alzimar Cavalcante 7:16 PM

Homens ditos inteligentes, as vezes são tão ignorantes, e , se comportam como verdadeiros trogloditas , quando abrem suas bocarras, apenas pra dizer asneiras. Principalmente quando são figuras públicas e se dizem comediantes, mas, essas piadas do CQC, são um verdadeiro lixo, não consigo entender como essa porcaria de programa ainda está no ar, o que é uma pena . Deviam parar pra pensar, que são formadores de opiniões, e, a maioria das questões tratadas no programa , merecem todo nosso respeito. Não se pode dar denominações jocosas a quem quer que seja. Que país é esse? Já dizia Renato Russo!

Rafaela Cavalcante 5:22 PM
Este comentário foi removido pelo autor.
Rafaela Cavalcante 5:33 PM

Mamae,ter preconceito é mt feio....
Pois por dentro somos todos iguais.......e alem disso....devemos respeitar as pessoas como elas sao!!!

Hudson Fernandes

Felicidades a todos! As piadas e comentários desses cidadãos estão em programas, teatros, internet. Porém eles não obrigam que vocês vejam e leiam suas peripécias. A meu ver, o sexo e violência gratuita que aparecem em programas ditos inocentes (novelas, programas de auditório, rebeldes, malhação e afins). Temos também os ruídos(alguns dizem que é música mas eu duvido) causados por veículos com aparelhagem de som potente. Tiram o nosso sossego e nos desrespeitam com frases de envergonhar até quem não tem o menor pudor. Não vamos nos importar com quem diz o que não deve mas pelo menos não estão fingindo que são bonzinhos para atrair as pessoas. Vamos nos preocupar com quem nos rouba o dinheiro o sossego e o nosso respeito sem o teu consentimento.